Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cockpit Automóvel - Conteúdos Auto




Terça-feira, 02.10.12

APRESENTAÇÃO : Kia Carens e Ceed Coupé (pro-Ceed) MY 2013

O construtor coreano revelou em Paris duas importantes novidades mundiais que poderão ser de importância para a marca no nosso País: a primeira é a versão com a carroçaria mais desportiva do novo Ceed (ainda não lançado em Portugal), em tudo semelhante à do seu primo Hyundai i30 (conferir AQUI). A outra pode representar um “regresso” do monovolume médio Carens que, apesar da geração anterior ter sido comercializada com um pouco competitivo motor diesel 2.0 (na realidade chegaram a existir versões 1.6 - quer a gasolina como a gasóleo - mas estas nunca foram vendidas em Portugal), recolheu alguma aceitação entre nós. O novo Kia Carens, com cinco ou sete lugares está mais compacto mas oferece mais espaço e, naturalmente, mais equipamento e novas soluções de polivalência interior. Factor positivo, um económico e eficiente motor diesel 1.7 capaz de garantir um preço competitivo no nosso mercado.


O Kia Carens é um carro inteiramente novo que continua a oferecer uma configuração de cinco ou sete lugares. Em relação à geração anterior (ver AQUI resultado do ensaio) “perdeu” 4 cm e mede agora 4,5 metros de comprimento, um valor equivalente aos concorrentes Citroën Picasso ou Ford Grand C-Max.
Apesar disso, a distância entre eixos aumentou 5 cm. Aos três assentos da fila central com rebatimento independente, juntam-se mais dois na traseira que podem ser recolhidos abaixo do piso. Isso liberta um espaço para a bagagem de 492 litros (o modelo anterior tinha sensivelmente 430 litros), enquanto na configuração de 7 lugares essa capacidade é de somente 103 litros.
Existem vários outros compartimentos para arrumação, incluindo alguns sob o piso e na consola central, a que se junta o controlo - manual ou automático – da temperatura, saídas de ar para os lugares traseiros, cortinas nas janelas e um espelho interior independente que permite, ao condutor ou ao passageiro dianteiro, controlarem a actividade na parte traseira do veículo.

Equipamento revisto e aumentado

O equipamento, consoante a versão e o mercado, poderá ainda contemplar bancos aquecidos (da primeira e segunda fila) ou ventilado para o condutor e volante aquecido. De série deverá constar o “cruise control” com limitador de velocidade e luzes LED para iluminação diurna. Na lista de opcionais deverão fazer parte os faróis de xénon, travão de mão e sistema de estacionamento automáticos, aviso para a transposição involuntária da faixa de rodagem, ignição e abertura de portas sem chave e ecrã LCD com as funções habituais e ainda visualização de imagens da câmara traseira de auxílio ao estacionamento. Sem esquecer uma panóplia importante de outro equipamento de segurança passiva e activa.
Um extra muito em voga que o Carens também conterá será o tecto panorâmico em vidro.

Mecânica partilhada do grupo

Quanto a motores, a Kia oferece quatro unidades: dois diesel de 115 ou 136 cv e dois a gasolina de 135 ou 177 cv, debitados por blocos 1.6 e 2.0, respectivamente.
Como destes últimos não deverá rezar a história no nosso mercado, caso o novo Carens venha a ser comercializado entre nós, refira-se que a mecânica a gasóleo é a mesma unidade de 1,7 litros utilizada pelo novo Hyundai i40 (conferir AQUI no texto de apresentação).
Esta unidade é capaz de garantir valores de emissões baixos (a partir de 118 g/km), apesar do bom valor de binário (260 e 330 Nm consoante a potência). A unidade mais económica é ISG, por isso beneficia da adição do sistema start/stop capaz de garantir uma poupança de cerca de 19% face ao antecessor.
Em qualquer dos casos, a caixa de velocidades é manual com seis relações, apesar de, opcionalmente, existir transmissão automática para as versões mais potentes. A direcção eléctrica possui três níveis de assistência seleccionáveis ​​pelo condutor, com uma função que procura compensar rajadas de ar laterais.
A suspensão dianteira é McPherson e no mercado europeu os travões de disco serão de 300 mm à frente (ventilados) e de 284 mm no eixo traseiro. Em versão standard os pneus de baixo atrito tem a medida 205/55 R16 mas as jantes poderão ser também de 17 ou 18 polegadas.

Kia “pró-Ceed”

Construído na Europa e a pensar nos seus consumidores, aquela que sempre foi a versão mais desportiva e invejada da gama Ceed ficou ainda mais apelativa e actual.
Não há ainda muito para contar sobre este novo modelo que, provavelmente, será lançado em breve em Portugal juntamente com a restante gama. O novo “pro_cee’d”, entre nós conhecido como Ceed Coupé (ver AQUI o ensaio à geração anterior) mede 4310 mm de comprimento, tem uma largura de 1.780 mm e uma distância entre eixos de 2.650 mm.
Em relação à versão de 5 portas (ler AQUI o texto de apresentação da nova geração) é 4 cm mais baixo e o pilar central recuou 2,2 cm para permitir portas de maior dimensão.
Daqui para traz tudo é naturalmente diferente, devendo dispor do leque de motores mais potentes escolhidos para animar a nova gama.

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Procura carro novo, usado ou acessórios?


Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  


Quem somos...

"COCKPIT automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"COCKPIT automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos automóveis". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)