Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cockpit Automóvel - Conteúdos Auto



Quarta-feira, 06.03.13

Mazda CX-5 revisto e actualizado


A marca japonesa melhora as características do CX-5, tornando-o ainda mais atractivo e funcional. Essas melhorias incidiram no design, na funcionalidade e na dirigibilidade, as últimas para permitir que o condutor possa concentrar-se apenas na condução. No interior, os modelos com display TFT passam a dispor de função Bluetooth para o sistema de áudio, com comando de voz para a gestão das músicas, capacidade de leitura de e-mails e visualização de SMS recebidos através de um smartphone com Bluetooth emparelhado e conectado. Um novo botão do painel de áudio estilizado em cor prata melhora a sua utilização e torna-o mais fácil de localizar. Foram também adicionados novos apoios de braço nas portas em vinil nos modelos com estofos em tecido para melhorar a sua durabilidade. Em termos mecânicos, as versões equipadas com transmissão automática SKYACTIV-Drive possuem um novo dispositivo “kickdown”, um retentor destinado a evitar as reduções de caixa indesejadas ou o engrenar de mudança mais alta quando é necessário mais binário. (PROSSEGUIR PARA A LEITURA COMPLETA DESTA NOTÍCIA)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 12.09.12

Mazda estabelece parceria na Rússia e arranca com produção naquele País

Depois da China ou da Índia, a Rússia. As marcas japonesas e europeias apostam cada vez mais em parcerias com os chamados países “Bric”, um conjunto de nações que fazem parte dos denominados “mercados emergentes”: China, Rússia, Brasil, Índia e, mais recentemente, a África do Sul. Depois de ter antecipado a apresentação do novo Mazda6 para o Salão Automóvel de Moscovo e de relegar apenas a versão carrinha para o de Paris, a Mazda anuncia agora o estabelecimento de uma “joint-Venture” na Rússia, que visa a construção de unidades de fabrico ou montagem de modelos em comum com um importante fabricante de automóveis da antiga União Soviética.



Na presença de Vladimir Putin (Presidente da Federação Russa) e Igor Shuvalov (Primeiro Ministro russo), o presidente e CEO da Mazda, Takashi Yamanouchi e Vadim Shvetsov, CEO da Sollers, formalizaram um acordo para o estabelecimento de uma nova companhia produtora em regime de “joint-venture”’, denominada MAZDA SOLLERS Manufacturing Rus.
No seu discurso, o Presidente e CEO Takashi Yamanouchi afirmou “Estamos aqui hoje graças (…) ao enorme suporte de todas as entidades governamentais envolvidas. A indústria automóvel russa regista um rápido crescendo, com um volume de vendas anual na ordem dos três milhões de unidades. A Mazda está na vanguarda da indústria automóvel pelo estabelecimento de uma fábrica em Vladivostok, uma região que se espera crescer até se tornar num importante pólo, especialmente dentro do grupo Económico do Leste da Ásia”. E acrescentou: “Através desta 'joint-venture', a Mazda pretende não só garantir o seu próprio crescimento neste mercado, mas também contribuir para o futuro desta indústria na Rússia”.
Este é sem dúvida um importante passo para uma marca que não possui unidades produtivas fora do Japão e que, por isso, sofre bastante com as flutuações cambiais do Iene, nomeadamente com a sua valorização como a que está actualmente a acontecer.
A estrutura de produção resultante desta joint-venture iniciará as operações em Outubro de 2012, apenas como unidade de montagem numa fase inicial. Quando as operações arrancarem, a capacidade anual rondará as 50.000 unidades.
Posteriormente, a Mazda pretende estabelecer uma unidade de carroçarias e outra de pintura, aumentando a capacidade de produção em 100.000 unidades/ano. A Mazda irá produzir dois modelos nesta nova fábrica, nomeadamente o CX-5 no arranque da produção e o novo Mazda6 (designado Atenza no Japão) que se lhe juntará no futuro.


Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 09.07.12

Mazda incrementa a produção do CX-5

Boas notícias para a marca japonesa. Devido à procura que está a ter o novo o seu novo SUV compacto, a Mazda anunciou o aumento da capacidade de produção deste crossover das actuais 200.000 unidades/anos para as 240.000. Recorde-se que o Mazda CX-5 é o primeiro modelo a utilizar a totalidade dos recursos da tecnologia SKYACTIV (conhecer mais detalhes NESTE texto), que tem por base assegurar consumos comedidos sem sacrifício de uma experiência de condução bastante estimulante.

Desde o início da sua comercialização, em Fevereiro, a Mazda registou encomendas que ultrapassaram em muito as estimativas iniciais. O que obrigou a rever em alta as 160.000 iniciais, para as 190.000 unidades durante o ano fiscal de 2012.

Por isso, a Mazda estima também ter que duplicar a capacidade de produção de motores SKYACTIV para 800.000 unidades/ano, sejam os motores a diesel SKYACTIV-D ou os motores a gasolina SKYACTIV-G, altamente eficientes e capazes de superaram os problemas tradicionais que até aqui dispunham os motores térmicos.

No caso dos propulsores a gasolina, o segredo está na fórmula utilizada para uma combustão mais eficiente, durante o fenómeno mais conhecido como "detonação”. Foi assim alcançada a taxa de compressão mais alta do Mundo para um motor a gasolina.

Quanto aos motores diesel de nova geração, estes dispõem da menor taxa de compressão do Mundo para unidades de produção em massa. Esse facto ajuda a torná-lo um motor “limpo”, capaz de dispensar a adopção de um caro sistema de pós-tratamento óxido de azoto (NOx) para o cumprimento das exigentes regulamentações de gases de escape.

A Mazda prevê comercializar 1.700.000 unidades a nível global no ano fiscal que termina em Março de 2016. Os modelos que integram a SKYACTIV TECHNOLOGY deverão representar 80% da totalidade das vendas.

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 01.06.12

Mazda CX-5 inicia comercialização em Portugal

O CX-5 é o primeiro da nova geração de produtos Mazda a estrear a tecnologia de concepção "KODO, a alma do movimento". É igualmente o primeiro a adoptar a totalidade do mais recente pacote de tecnologia denominado Skyactiv. Significa isto que, desde o desenho fluido da carroçaria aos demais acessórios aerodinâmicos, passando pela redução do peso e pela componente mecânica - motores, transmissões, suspensão e chassis -, converge tudo para um único objectivo: reduzir consumos e emissões, sem prejuízo da principal característica dos modelos da marca que é o grande prazer da sua condução.
Este texto complementa um outro, mais descritivo, que se encontra AQUI.
Entre os novos motores e transmissões estão uma unidade a gasolina de 2 litros e outra diesel de 2,2 litros. Portugal recebe duas versões do bloco a gasóleo: com 150 ou 175 cv, caixa automática ou manual de 6 velocidades, o CX-5 pode ter tracção dianteira ou integral e são disponibilizados 3 níveis de equipamento consoante a motorização que recebe.
À partida, a ausência de motores mais “pequenos” é o grande handicap do importador nacional para o nosso mercado. Por isso, apesar de fiscalmente penalizado por uma cilindrada elevada, foi feito um grande esforço para colocar o preço de entrada nos 32 mil euros. Um valor bastante concorrencial face à concorrência com motorizações equivalentes.
Não faltarão ao CX-5 outros predicados para vingar. Mecânicas com binários elevados, próximos dos 400 Nm, asseguram-lhe uma condução bastante activa e respeitadora do espírito “zoom-zoom” que norteia os veículos Mazda. Este SUV proporciona também conforto, amplo espaço interior e uma generosa capacidade de mala: 503 a 1620 litros. Por falar em habitabilidade, o CX-5 integra ainda uma singular funcionalidade no banco traseiro.

Preços e versões:

Esta é, no essencial, a estrutura de preços para Portugal.
Motor com 150 cv só para versões de tracção dianteira, variante de 175 cv reservada apenas para a mecânica com tracção às quatro rodas.
Ambos poderão dispor de caixa manual ou automática.
Dois níveis de equipamento - "Essence" e "Evolve" - para o Mazda CX-5 SKYACTIV-D 2.2 de 150 cv, um mais exclusivo "Excellence" para o CX-5 SKYACTIV-D 2.2 de 175 cv.

Os preços estão assim ordenados:
Mazda CX-5 SKYACTIV-D 2.2 150 cv (4x2) - Essence SKYACTIV-MT: 31.455€ a 31.855€
Mazda CX-5 SKYACTIV-D 2.2 150 cv (4x2) - Evolve: de 33.955€ a 36.855€ (caixa manual) e de 37.559€ a 40.459€ (caixa automática)
Mazda CX-5 SKYACTIV-D 2.2 175 cv (4x4) - Excellence: de 44.246€ a 47.016€ (idem) e de 45.912€ a 46.682€
Acompanhe pela imagem abaixo as principais diferenças em termos de equipamento:

Nos pacotes de opcionais poderemos ainda encontrar o seguinte equipamento:
* SCBS (Smart City Brake Support) - Sistema que ajuda a prevenir ou a minimizar os efeitos das colisões a baixa velocidade (até 30 km/h) imobilizando a viatura.
* High Beam Control (HBC) - Muda automaticamente os faróis de máximos para médios.
* LDWS (Lane Departure Warning) - Concebido para avisar o condutor se o veículo sair inadvertidamente
da sua faixa de rodagem.
*RVM (Rear Vehicle Monitoring) - Detecta veículos que se aproximam. Funciona a velocidades acima dos 30 km/h
* SMPP – Sensor de pressão de pneus.
* HILL LAUNCH ASSIST – auxílio aos arranques em inclinação.

Procure AQUI e simule o seu novo Mazda!

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 27.04.12

APRESENTAÇÃO: Mazda CX-5. Preços para Portugal.


Chega finalmente ao mercado português o novo SUV compacto da Mazda, o CX-5. Além de um novo chassis e carroçaria, este carro estreia motor e transmissões que têm como objectivo reduzir emissões sem prejudicar a principal característica de todos os modelos da marca japonesa: o grande prazer de condução. Condicionado pelo facto de só dispor, pelo menos para já, de um motor a gasolina de 2,0 l e de um diesel 2.2 com 150 ou 175 cv, o CX-5 é pioneiro na Mazda ao assumir toda a nova filosofia de design ‘KODO – A Alma do Movimento’. Confira de seguida os preços e os pormenores mais importantes desta nova proposta que a marca quer tornar num modelo-chave de toda a gama, prevendo, a nível global, vendas na ordem das 160.000 unidades por ano.

O novo Mazda CX-5 é o primeiro da nova geração de produtos Mazda a estrear a tecnologia de concepção e de elementos identificativos de design: "KODO – A Alma do Movimento".
É igualmente o primeiro modelo a adoptar a totalidade do mais recente pacote tecnológico inerente à TECNOLOGIA SKYACTIV. Motores, transmissões, carroçaria e chassis convergem no objectivo de garantir a sustentabilidade ambiental, o prazer de condução e a segurança, tendo ainda por base a “estratégia da grama”: a Mazda prevê uma redução de pelo menos 100 kg em todos os modelos da próxima geração.
Entre novos motores e transmissões de acordo com as especificações europeias, estão uma unidade a gasolina de 2 litros e outra diesel de 2,2 litros, disponíveis com versões de potência standard ou mais elevada.
Qualquer destas motorizações apresenta uma elevada taxa de compressão para a sua máxima eficácia, sendo que o motor Diesel disponibiliza emissões de CO2 inferiores a 120g/km na versão de menor potência, tracção dianteira e transmissão manual.
A gama do novo Mazda CX-5 em Portugal compõe-se exclusivamente pelas variantes equipadas com motores diesel SKYACTIV-D, não estando disponíveis no mercado unidades a gasolina SKYACTIV-G, Adicionalmente, o bloco SKYACTIV-D ‘Standard Power’ de 150 cv só está disponível em Portugal na versão FWD.
Esta é a estrutura de preços para o mercado português:

Aspecto interior e equipamento

Com uma distância entre eixos de 2.700 mm, o interior do CX-5 proporciona um generoso volume na bagageira (503 a 1620 litros com o rebatimento dos bancos) e um espaço amplo para as pernas dos ocupantes do banco traseiro: 997 mm é, de facto, uma das maiores quotas do segmento.
A qualidade perceptível é elevada, a ergonomia e a funcionalidade foram pensadas ao pormenor e os baixos níveis de ruído ajudam a tornar qualquer passeio mais agradável.
Atrás, o CX-5 integra uma singular funcionalidade que reside no primeiro banco traseiro independente do Mundo com divisão em 4:2:4 e função ‘folddown’. Operado através das alavancas convenientemente colocadas na zona lateral do compartimento de bagagem, ou a partir do interior do carro através de botões colocados nas laterais dos bancos, as costas do assento traseiro rebatem-se na totalidade, criando um espaço virtualmente plano, para maximizar a flexibilidade. A secção central tanto serve de banco para um quinto passageiro, como de apoio de braços com espaços para copos integrados, ou ainda de base plana para o transporte de elementos mais longos. E há ainda espaço suficiente para acomodar duas cadeiras de criança ou transportar confortavelmente dois adultos.
Além da abertura ampla e praticamente sem arestas do portão de bagageira, para facilitar as operações de carga, uma avançada versão da tampa da bagageira move-se automaticamente para cima e para baixo em conjunto com a operação do portão traseiro. Pesando apenas 2kg (metade da versão empregue na Mazda6 SW), a cobertura pode remover-se com um simples toque, arrumando-se de um modo prático na sub-bagageira.

Dinâmica e motores

O novo chassis e carroçaria SKYACTIV do CX-5 conta com uma também nova solução para a suspensão da frente e formato ‘multi-link’ atrás.
Os modelos equipados com o bloco diesel SKYACTIV-D de 2,2 litros dispõem da mais baixa taxa de compressão do mundo para um motor diesel. Um eficiente turbo compressor de dupla fase proporciona uma aceleração linear e muito dinâmica, ultrapassando a dos convencionais veículos com motores diesel. Alcança também uma excelente economia de combustível, com emissões extremamente limpas.
Estão disponíveis duas variantes deste motor:
- Uma versão mais potente, capaz de desenvolver um binário máximo de 420 Nm às 2.000 rpm e uma potência máxima de 175 CV às 4.500 rpm. Somente estas disponibilizarão tracção integral (4x4).
- Uma versão base, que produz um binário máximo de 380 Nm entre as 1.800 e as 2.600 rpm e uma potência máxima de 150 CV às 4.500 rpm.
A caixa de velocidades pode ser automática ou manual de seis relações.
O bloco diesel com transmissão manual de seis velocidades e sistema i-stop consumirá apenas 4,5 litros aos 100 km (em circuito combinado), com emissões de CO2 de apenas 119 g/km.
No final do texto existem quadros que informam, com mais pormenor, as características de cada uma das versões.

Elevada segurança

A Mazda desenvolveu uma avançada tecnologia de segurança denominada "Smart City Brake Support" (SCBS), que auxilia o condutor a evitar colisões frontais a baixa velocidade. Será disponibilizado de série, na Europa, nos níveis de equipamento intermédio e superiores.
O sistema SCBS recorre a um sensor de laser montado no topo do pára-brisas, capaz de detectar um veículo ou obstáculo na frente da viatura. Em condução e a uma velocidade compreendida entre os 4 e os 30 km/h, o sistema desencadeia um processo que reduz o curso do sistema de travagem, de modo a minimizar o tempo para a operação. Se o condutor não mostrar qualquer reacção para evitar a colisão, como por exemplo, aplicar pressão no pedal do travão, o SCBS activa automaticamente os travões e reduz, em simultâneo, o débito de potência do motor. Deste modo, quando a diferença entre a velocidade do veículo e da viatura à sua frente é inferior a 30km/h, o sistema pode ajudar a evitar a colisão ou a reduzir os danos decorrentes da mesma.
Em matéria de segurança, o elevado desempenho do CX-5 é assegurado ainda pela inclusão de outros novos auxiliares à condução:
- O "Rear Vehicle Monitoring" (RVM), um sistema baseado num radar que combina um auxiliar de mudança de faixa com a monitorização de ângulos mortos.
- O "High-Beam Control" (HBC), uma solução para a condução nocturna, que alterna automaticamente entre máximos e médios consoante as condições de visibilidade ou cruzamento com outros veículos.
- O "Lane Departure Warning" (LDW), que alerta o condutor sempre que este ultrapassa acidentalmente as linhas de demarcação da faixa de rodagem sem os "piscas" accionados.


Características exteriores

Vista de frente, a nova face para a família Mazda está centrada numa nova "asa de assinatura" que expressa força e profundidade.
Do ângulo traseiro é o contraste dos proeminentes guarda-lamas traseiros e do respectivo rebordo que dominam esta secção.
Lateralmente são os guarda-lamas dianteiros proeminentes e as laterais esculpidas, uma aparência reforçada com jantes de 17 ou 19 polegadas.
Os pára-choques são construídos num novo material resinoso especialmente desenvolvido para o efeito e pesam cerca de 20% menos do que os pára-choques convencionais, mantendo contudo a mesma rigidez.
Tudo isto garante uma excelente aerodinâmica - o objectivo é de um CX de 0,33 , contribuindo para a pretensão de um habitáculo silencioso.
Estão disponíveis sete cores de carroçaria: Azul Sky (novo), Vermelho Zeal (novo), Cinza Aluminium, Branco, Preto, Branco Pérola, e Cinza Metropolitan.

Características interiores

Do lado do condutor, o painel dos mostradores tem um design longitudinal profundo e alongado que produz uma sensação de impulso. O detalhe e a elevada qualidade dos mostradores antecipa a atenção do condutor para o que está à sua frente.
Existem novos materiais mais macios no painel de instrumentos e ornamento das portas, locais tradicionalmente mais vistos e tocados.
As peças usadas com mais frequência, como os raios interiores do volante e as zonas interiores dos puxadores das portas, têm um acabamento em cromado acetinado, para acentuar a sensação de qualidade.
Um monitor de toque a cores de 5,8 polegadas surge posicionado ao centro, na parte superior do painel de instrumentos, mostrando dados relacionados com o sistema de informação e entretenimento. Incluindo as ligações telefónicas e do sistema de áudio e integrando o novo sistema de navegação TomTom®*
Quanto ao sistema HMI do novo Mazda CX-5, visa melhorar a segurança, minimizando o movimento dos olhos do condutor para longe da estrada. Comandos instalados no volante estão organizados de acordo com a sua função, enquanto o monitor de toque ao centro e os comandos do HMI estão posicionados na consola central. Com o veículo parado, o condutor pode operá-los no ecrã de toque. Durante a condução, pode operá-los a partir de um menu disponível a partir dos controlos existentes no volante, com mais segurança e facilidade. Este "layout" permite que algumas funções, especialmente as de navegação, sejam operadas intuitivamente pelo passageiro pelo comando HMI situado na zona central.
O novo sistema de navegação integrado é baseado na mais recente tecnologia TomTom® e, para maior conectividade, a ligação dos telemóveis ou leitores de MP3 pode ser feita via USB ou Bluetooth®



Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 05.12.11

Tecnologia Skyactiv no Mazda CX-5

Ao contrário do que é a tendência actual da indústria automóvel mundial, a japonesa Mazda continua a apostar nos motores convencionais e na melhoria da sua eficácia. No Salão Internacional do Automóvel que decorre em Tóquio revelou isso mesmo e o futuro Mazda CX-5 (ver AQUI) é um exemplo claro dessa intenção. Este SUV, apresentado finalmente na sua versão definitiva, é dotado da tecnologia denominada “Skyactiv”. Em termos simples, trata-se de um conjunto de melhorias na estrutura e nos sistemas fundamentais do automóvel, todas elas visando uma maior eficiência sem prejuízo do comportamento dinâmico. No caso do CX-5, o novo motor diesel de 2,2 litros é, segundo a marca, aquele que tem a menor taxa de compressão (de 14:1) do mercado.

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Procura carro novo, usado ou acessórios?


Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  


Quem somos...

"COCKPIT automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"COCKPIT automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos automóveis". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)